+55 (11) 3130 6975 | +55 (11) 95481 6647

Recolocação Profissional

10 dicas essenciais para sua Recolocação Profissional
21/05/2019

10 dicas essenciais para sua Recolocação Profissional

Nesse artigo, você conhecerá algumas dicas essenciais para o profissional que está buscando por uma Recolocação ou Transição Profissional (mudança de empresa) no mercado.

O desemprego é uma situação muito comum no mercado de trabalho, e o primeiro ponto que deve ficar claro é que demissão não é sinônimo de incompetência profissional, são infinitas as razões pelo qual um profissional é demitido e encarar uma demissão de forma negativa, afeta proporcionalmente o processo de Recolocação do profissional.

Abaixo, enumeramos algumas dicas que devem ser colocadas em prática pelo  profissional que está buscando por uma nova oportunidade, sendo que, quanto mais cedo o profissional se dedicar a tomar as melhores decisões, menor prejuízo ele terá em sua vida financeira e em sua carreira.
 
1.   Conte com uma assessoria para Recolocação Profissional, Job Hunting e Outplacement
 
O profissional que busca se recolocar no mercado, deve contratar uma consultoria que seja séria, transparente, dinâmica e que tenha resultados comprovados.
 
Contratar uma Consultoria de Recolocação Profissional é essencial para os profissionais que querem trilhar o chamado "caminho das pedras" da Recolocação. Passar por um período de desemprego, com o apoio de uma Consultoria é completamente diferente de estar desempregado por si só no mercado.
 
2.   Avalie a sua carreira e seus resultados passados
 
Sua carreira está andando da forma que você gostaria? Quais foram seus últimos resultados? Existe algo que você poderia ter feito que traria um resultado melhor para a empresa e para sua carreira?
 
3.   Redefina as metas e objetivos profissionais
 
Reflita sobre sua carreira e sobre sua vida pessoal como um todo.
Você mudou como individuo?
Como essa atualização de identidade impacta sua carreira?
Você ainda deseja alcançar as mesmas metas?
 
Cuidado para não levar sua vida e carreira “no automático”.
 
4.   Reorganize sua vida financeira
 
Muitos profissionais e brasileiros não têm o costume de gerenciar suas vidas financeiras, porém com o desemprego, é recomendável que os hábitos financeiros mudem drásticamente. É importante buscar conhecimentos de gestão financeira e de investimentos, mas sem ficar dependente da opinião do Gerente do Banco ou do Gestor de Investimentos da corretora - o profissional deve buscar se desenvolver para ter um controle maior de seu patrimônio e poder investir seu dinheiro do FGTS ou seguro desemprego no ambiente mais seguro e rentável possível.
 
5.   Profissionalize o seu Currículo
 
Por mais que a tecnologia tenha avançado a passos largos, e tenha incluído na rotina do mercado de trabalho, redes sociais e sites focados em vagas, o Currículo ainda é o fator principal dentro do contexto do mercado de trabalho. 
 
Currículo será a base para a construção do posicionamento do profissional em diferentes plataformas, redes e sites e em todas elas... o posicionamento do profissional deve ser único, gerando uma maior credibilidade a respeito de sua carreira.
 
6.   Atualize suas Redes Sociais
 
Se suas redes sociais são estritamente pessoais, bloqueie a visualização por pessoas de fora de sua rede. Se você as utiliza como uma poderosa ferramenta de branding, profissionalize-as também.
 
7.   Liste as empresas que gostaria de trabalhar e que são aderentes ao seu perfil
 
Foque nas empresas que você realmente tem aderência e comece a se cadastrar na base de dados, se conectar no LinkedIn e interagir com profissionais dessas empresas.
 
8.   Busque por novos conhecimentos, de acordo com a demanda de seu próprio mercado/ segmento
 
Se inscreva nos principais eventos de seu mercado. Por mais que você esteja sem emprego, você não pode ficar por fora do que acontece em seu mercado e nem deixar de ver e ser visto por possíveis contratantes.
 
9.   Pratique o Inglês
 
O Inglês é essencial no mercado atual, nunca é tarde para aprender e se desenvolver profissionalmente. Procure por um curso que caiba em seu bolso e se dedique.
 
10. Prepare-se para as suas Entrevistas
 
O profissional deve se lembrar que as entrevistas são um momento chave para que sua Recolocação ou Transição Profissional seja concluída com sucesso. Ter uma boa trajetória pode não ser o suficiente, caso o profissional não esteja preparado ou esteja com uma baixa energia durante sua entrevista.

A driverh oferece Coaching para Entrevistas para os profissionais que tenham o desejo ou necessidade de se tornarem profissionais mais competitivos em suas entrevistas e processos seletivos.

 

 _____________________
 
O profissional que está buscando uma Recolocação ou Transição Profissional (mudança de empresa), irá encontrar na seção de Artigos do site da driverh, muito conteúdo verdadeiramente útil e construtivo. Além disso, nosso canal do YouTube é o melhor canal sobre Recolocação e Mercado de Trabalho do Youtube, e tem um conteúdo de primeira qualidade sobre entrevistas - você pode acessar o canal clicando aqui - não deixe de se inscrever e ativar as notificações (clicando no sininho).
 
Conheça aqui alguns profisisonais que foram assessorados em suas Recolocações Profissionais conosco e rapidamente conseguiram voltar ao mercado.
 


© 2016 - Todo conteúdo produzido no site www.driverh.com é original e de autoria própria - Protegido pela Lei 9.610/98 dos Direitos Autorais na Internet.
 


 

Compartilhar:

Últimos artigos

Recolocação Profissional

MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO

Recolocação Profissional

6 ERROS FATAIS QUE REPROVAM NAS ENTREVISTAS

Recolocação Profissional

QUAL É O SEU PONTO FORTE? COMO RESPONDER

Recolocação Profissional

Como ter um currículo atrativo

Recolocação Profissional

Os melhores sites de vagas de emprego

Recolocação Profissional

COMO FUNCIONA UM PROCESSO SELETIVO

Recolocação Profissional

COMO PROCURAR EMPREGO DE FORMA EFICIENTE

Recolocação Profissional

Por que existem vagas confidenciais?

Recolocação Profissional

FIQUEI DESEMPREGADO, E AGORA?